Sublime Leilões » Dúvidas

Dúvidas

PERGUNTAS FREQUENTES

Como eu faço para participar de um leilão?

Faça o cadastro, envie os documentos básicos solicitados por e-mail e acesse o nosso site com login e senha para participar dos leilões eletrônicos, nos casos de leilões presenciais não há essa necessidade.

Quem é o Arrematante?

O arrematante é o comprador que concorreu até o encerramento do leilão, tendo seu lance como vencedor.

Oque é Edital?

Edital é o meio pelo qual o judiciário ou instituição interessada informa que determinado bem será levado para leilão, referido documento serve ainda para, ditar as regras e forma da venda ou expropriação.

Qual é a diferença entre 1ª e 2ª praça?

Em geral, os leilões acontecem em duas etapas, ou seja, duas praças.
Em primeira praça os bens são vendidos pelo valor da avaliação, dita pelo oficial de justiça ou perito.
Em segunda praça os bens podem ser alienados por montante inferior ao valor da avaliação, respeitando-se o mínimo determinado pelo Juiz.

Quem pode efetuar lances, em outras palavras, quem pode tentar adquirir os bens?

Pode concorrer qualquer pessoa física maior de 18 anos ou qualquer pessoa jurídica regularmente constituída e registrada. Isto é, qualquer pessoa que esteja na livre administração de seus bens.

Existe alguém que esteja proibido a participar dos certames?

Quem não estiver na livre administração de seus bens, ou seja: as pessoas físicas insolventes ou falidas; as pessoas jurídicas falidas; os interditados; os que estejam impedidos por determinação judicial;

- Os tutores, curadores, testamenteiros, administradores, síndicos ou liquidantes, quanto aos bens entregues à sua guarda e responsabilidade;
- Os mandatários, quanto aos bens de cuja administração ou alienação estejam encarregados;
- O juiz, membro do Ministério Público e da Defensoria Pública, o escrivão e demais servidores e auxiliares da Justiça.

Há possibilidade de visitar e/ ou examinar o imóvel antes de participar do leilão?

Geralmente, não. Nos casos de bens imóveis em que se encontra ocupado ou vistoria de bem móvel, cabe apenas à tentativa de combinar uma inspeção com o proprietário, locatário ou arrendatário do bem. Essas pessoas, porém, não estão obrigadas a autorizar, podendo rejeitar o seu pedido.

Arrematei um bem. Quando é que eu me tornarei proprietário?

Vencendo o leilão, será pago todo o preço da arrematação por meio de guia judicial e depósito correspondente a comissão do leiloeiro, tão logo será lavrado o auto de arrematação onde decorrido o prazo para eventuais recursos o juiz mandará expedir-se-á carta de arrematação ou mandado de ordem de entrega de bens para os casos de móveis.

A carta de arrematação é o documento que o arrematante levará ao cartório de imóveis para registro; Uma vez esta carta de arrematação registrada, o arrematante se tornará proprietário do imóvel.